03 de setembro de 2007

Prof. Dr. Vicente Nogueira Filho em entrevista com a ANGRAD

Em entrevista exclusiva para a ANGRAD, o presidente da Associação Internacional de Educação Continuada (AIEC), Prof. Dr. Vicente Nogueira Filho, fala sobre as perspectivas do ensino a distância no Brasil.

A Associação Internacional de Educação Continuada (AIEC) foi fundada em 1999, acompanhando o processo de globalização da época. A primeira turma do curso de graduação em Administração da AIEC - único da categoria reconhecido pelo MEC - formou-se recentemente, em dezembro de 2005. O ex-presidente e atual membro do conselho consultivo da ANGRAD, Prof. Mauro Kreuz, foi o paraninfo desta turma.

Em um país de dimensões continentais, a educação a distância parece estar entre as soluções possíveis em termos de ensino de qualidade voltado para o mercado de trabalho. Em entrevista exclusiva a ANGRAD, o presidente da AIEC, Prof. Dr. Vicente Nogueira Filho, falou sobre a metodologia de ensino utilizada no curso, estrutura do curso e vantagens oferecidas pela educação a distância (EAD).

ANGRAD - Como surgiu a idéia de criar um curso de graduação a distância em Administração?

Professor Dr. Vicente Nogueira Filho -
A grande maioria dos cursos de Administração existentes no mundo dão ênfase somente às competências técnicas da profissão, abordando temas como: marketing, produção, recursos humanos, finanças, etc. O curso da AIEC surgiu com o objetivo de: formar administradores que consigam, de fato, integrar as disciplinas que as boas faculdades do Século XX ministram de modo separado; preparar bons administradores que realmente possam ajudar a reduzir a mortalidade ou falência de empresas, problemas comuns no país; levar o ensino de Administração de alta qualidade aos pontos mais distantes do país.

ANGRAD - Qual o perfil do público que procura a faculdade de Administração via internet da AIEC?

Prof. Dr. Vicente Nogueira Filho -
O curso foi desenvolvido para atender profissionais que precisam ter formação completa em Administração, e, assim, preparar-se para dirigir organizações públicas ou privadas. A AIEC tem alunos maduros, que não tiveram a oportunidade de cursar uma universidade na juventude; graduados em outros cursos universitários - como engenharia, economia, entre outras -, além de alunos jovens, que acabaram de terminar o segundo grau.

ANGRAD - Este é o primeiro curso de graduação a distância em Administração reconhecido pelo MEC. Quais as exigências feitas pelo Ministério para que a faculdade fosse reconhecida?

Prof. Dr. Vicente Nogueira Filho -
O MEC fez as mesmas exigências que faz para o reconhecimento de um curso de Administração presencial, além daquelas específicas, relativas ao ensino a distância, como: plataforma utilizada, desenvolvimento das disciplinas, treinamento dos professores e tutores para EAD, equipamentos para Internet, etc.

ANGRAD - O vestibular para a instituição também é online?

Prof. Dr. Vicente Nogueira Filho -
Não, o vestibular é presencial. Na verdade o curso não é totalmente online, não utiliza somente a Internet. É um curso que usa a mais moderna tecnologia associada ao melhor da pedagogia de ensino a distância disponível, em nível internacional. Os professores são uma parte vital do curso. Existem aqueles que são responsáveis pelo desenvolvimento dos conteúdos e pela sua melhoria contínua. Já os tutores têm a função de acompanhar os alunos no dia-a-dia. O contato pode ser pessoal ou via telefone, e-mail ou através de chats e fóruns. Há também os alunos líderes, que coordenam o funcionamento de pequenos grupos de colegas. Ou seja, temos na AIEC o melhor em termos de processos colaborativos de aprendizagem. A instituição já possui alunos em centenas de cidades do Brasil, além de Estados Unidos, Japão e Angola. O ensino a distância é um novo conceito na área, aberto para um novo tipo de mundo, totalmente globalizado. Os alunos têm muito mais mobilidade e precisam que sua faculdade as acompanhe aonde forem.

ANGRAD - Existe material didático (como apostilas, livros etc) ou o curso é inteiro via internet?

Prof. Dr. Vicente Nogueira Filho -
Durante as pesquisas que realizamos para preparar o projeto do curso, tivemos a oportunidade de entrevistar 16 diretores de cursos de ensino a distância de países europeus, asiáticos e norte-americanos. Fizemos um levantamento das principais barreiras a essa modalidade de ensino com o objetivo de neutralizá-las. O uso de apostilas e livros, escritos na pedagogia presencial por professores acostumados a dar aulas expositivas, é uma das maiores causas do baixo rendimento e de abandono no ensino a distância. A AIEC desenvolveu as 45 disciplinas do curso de Administração, após o treinamento de todos os doutores e mestres na pedagogia do EAD. O importante é a integração para chegar ao verdadeiro ensino focado no aluno, onde ele possa deslocar-se e estudar ao mesmo tempo.

ANGRAD - Existem aulas presenciais? Se sim, qual a periodicidade?

Prof. Dr. Vicente Nogueira Filho -
O curso é semi-presencial, com um encontro mensal obrigatório, para permitir que os alunos trabalhem em pequenos grupos. São utilizadas três metodologias para a integração do conteúdo de todas as disciplinas. São elas: método de casos multidisciplinares, desenvolvido pela Universidade de Harvard, que os alunos usam durante todo o curso. Existe também a dinâmica de sistemas, desenvolvido pelo MIT e os planos de negócios de empresas reais, que os alunos fazem no 7º e 8º semestres.

ANGRAD - Como é feita a avaliação dos alunos durante a faculdade?

Prof. Dr. Vicente Nogueira Filho -
Nossa visão é de que o aluno não pode ser avaliado apenas por um professor, como é feito no ensino presencial. A avaliação tradicional pode causar dois problemas distintos. O aluno pode divergir do professor, mas como ele é a autoridade máxima, pouco adianta. Em outra situação, a escola é praticamente ausente no processo de avaliação, já que ela apenas apóia o professor e não participa do processo.
Na AIEC, optamos por um modelo de mais apropriado às necessidades de uma pedagogia de EAD. Optamos por avaliar os alunos com base em dois componentes: uma nota central é dada pelo professor da disciplina, baseada em uma prova mensal que é aplicada nos encontros presenciais. Uma outra nota é dada pelo tutor local, baseada na participação do aluno nos fóruns, discussão dos casos presenciais, debates com os palestrantes, etc. A nota do professor tem peso de 70% e a do tutor de 30%. Nenhum sistema de avaliação é perfeito, mas acreditamos que encontramos um modelo mais justo e mais equilibrado, onde professores e tutores participam da avaliação.

ANGRAD - A AIEC oferece outros cursos na área de Administração, além da graduação, como pós-graduação, extensão ou especialização?

Prof. Dr. Vicente Nogueira Filho -
A AIEC está totalmente focada em ensinar Administração. Temos o curso de graduação e teremos em breve pós-graduação e outras opções, mas sempre na área de Administração. Nossa meta é formar bons administradores para as empresas do país. Estas pessoas estarão aptas para abrir novas empresas e ter sucesso com elas. Com este tipo de iniciativa pretendemos ajudar a reduzir a mortalidade de empresas e também a diminuir o desemprego.

ANGRAD - Qual é a estrutura atual da AIEC (número de professores, alunos, salas de aula)?

Prof. Dr. Vicente Nogueira Filho -
A estrutura da AIEC é composta por mais de 40 professores, que ministram as disciplinas, todos com mestrado ou doutorado. Os 120 tutores que dão suporte aos alunos possuem doutorado, mestrado ou pós-graduação lato-senso, e estão espalhados em mais de 40 cidades brasileiras, além de algumas fora do país. Dezenas de especialistas no desenvolvimento de cursos de EAD também compõem o nosso quadro de profissionais. Usamos estruturas locais, em parcerias com grandes e médias empresas, além de centros próprios e centros de convenções e treinamento. O número de alunos, atualmente, chega a 3.500, incluindo aqueles que moram fora do Brasil.

ANGRAD - No site da AIEC existe a informação de que o curso pode ser acompanhado por quem mora fora do país. Neste caso, é necessário que o aluno esteja próximo de uma das sedes internacionais?

Prof. Dr. Vicente Nogueira Filho -
Nossos alunos internacionais, como no Brasil, moram perto dos locais de provas em Angola, Japão e Estados Unidos. Para cada turma que abrimos em alguma cidade do mundo, são instalados pólos de encontros presenciais, vinculados a um dos centros regionais existentes.

ANGRAD - O aluno deve ir ao Centro Regional para fazer a matrícula e obter informações sobre notas, provas, declarações e pagamentos?

Prof. Dr. Vicente Nogueira Filho -
Toda a interação administrativa entre o aluno e a faculdade ocorre via Internet, exceto a documentação, que deve ser enviada pelo Correio, para a sede de Brasília. Todas as informações do interesse do aluno são obtidas no site especialmente, desenvolvido pela AIEC.

ANGRAD - Existem projetos para ampliar a rede de sedes regionais e/ou internacionais?

Prof. Dr. Vicente Nogueira Filho -
O MEC autorizou que a administração da AIEC trabalhasse nos dez centros regionais indicados no projeto original. As cidades próximas a esses centros formam pólos, onde são feitos os encontros presenciais. Como temos convênios com grandes empresas, às vezes, usamos a estrutura de treinamento delas, que geralmente são instalações muito superiores a maioria das faculdades e escolas disponíveis. Temos um critério muito rigoroso para definir os locais onde serão os encontros presenciais, pois nosso foco é qualidade para o aluno.

ANGRAD - Na sua opinião, qual a importância do ensino a distância para um país tão carente de educação?

Prof. Dr. Vicente Nogueira Filho -
A metodologia de ensino a distância vem complementar o ensino presencial. As localidades que não possuem ensino de qualidade internacional, infelizmente a maioria no país, estão obtendo muitas vantagens em poder formar profissionais com visão sistêmica de Administração. O curso da AIEC é o único a distância, no Brasil, que possui certificação ISO 9001/2000, uma garantia para quem contrata um profissional formado por este curso, já que possui validação internacional.

ANGRAD - Esta iniciativa poderia ser aplicada a outros cursos superiores com a mesma qualidade de ensino?

Prof. Dr. Vicente Nogueira Filho -
No projeto da AIEC foram neutralizadas as principais barreiras encontradas nos cursos dos países desenvolvidos. O trabalho em grupo, por exemplo, obrigatório em nosso curso, é uma das grandes barreiras do ensino a distância em todos os países. A parte mais difícil do projeto é o desenvolvimento dos conteúdos. O uso de apostila, CD ou livro texto, por exemplo, é um dos maiores exterminadores do ensino a distância.

ANGRAD - A primeira turma do curso de graduação a distância em Administração formou-se em dezembro de 2005. A AIEC possui um feedback dos alunos já formados com relação a empregabilidade? O mercado está absorvendo estes profissionais da forma esperada?

Prof. Dr. Vicente Nogueira Filho -
Todos os nossos alunos da primeira turma já estavam no mercado de trabalho. Eles eram gerentes de bancos, diretores ou donos de empresas, engenheiros, etc. Como o curso visa formar empreendedores, muitos deles passaram fazer consultoria ainda durante o curso. Vamos acompanhar a vida profissional de cada um de nossos egressos e, em um futuro próximo, divulgar os resultados.

ANGRAD - O valor das mensalidades é diferente de um curso presencial? Se sim, é mais caro ou mais barato quando comparado a um curso tradicional?

Prof. Dr. Vicente Nogueira Filho -
Nos Estados Unidos, os cursos com nível comparável ao da AIEC, baseado na Internet e no método de casos, custam o dobro dos mesmos cursos presenciais. O motivo é o grande investimento necessário no desenvolvimento dos conteúdos, que deve ser amortizado em um certo número de anos. A nossa mensalidade custa em torno de R$ 500,00, em qualquer local do Brasil. Nosso objetivo maior é proporcionar um ensino de qualidade a um custo x benefício superior ao praticado nas melhores faculdades de Administração presenciais do país. O aluno que se descola diariamente, cursando uma graduação convencional, gasta aproximadamente uma hora para ir e voltar da faculdade, arca com os custos de transporte e alimentação, além das mensalidades. A soma desses valores é mais alta, mesmo que a mensalidade do curso presencial seja baixa. Na AIEC o aluno estuda e recebe suas aulas no local onde estiver, sem perder tempo com trânsito. Ele pode estudar em casa ou no trabalho ou até mesmo no aeroporto, como fazem alguns alunos. O custo final é menor, quando comparado a um curso presencial. É um tipo de ensino apropriado para o estilo de vida atual, com toda agitação dos tempos modernos.

ANGRAD - Que outras vantagens podem ser apontadas para o ensino a distância?

Prof. Dr. Vicente Nogueira Filho -
Com o EAD, pessoas que já estão no mercado de trabalho, com compromissos funcionais e de família, podem concluir o curso superior sem grandes transtornos, já que não precisam comparecer a aulas diárias e podem acessar os materiais de estudo pela Internet, conforme sua disponibilidade. Além disso, se o aluno precisar mudar de cidade, não há necessidade de interromper o curso. Ele continua estudando via Internet e realizando os encontros presenciais em alguma cidade próxima de seu novo endereço.